Metade do continente em seca extrema

2012-03-16 (IM)

De acordo com o Observatório de Secas do Instituto de Meteorologia, a situação de seca meteorológica apresentava em 15 de março um agravamento face à situação registada no final de fevereiro, agora com mais de metade do território continental em situação de seca extrema (53%) e a parcela restante (47%) em seca severa, os dois níveis mais elevados de severidade deste episódio climático. Também a percentagem de água no solo, que mede a capacidade de água utilizável pelas plantas, revela uma situação de escassez com valores inferiores a 50% em todo o território, havendo mesmo locais na região sul onde é inferior a 40%.

Esta situação fica a dever-se à ausência de precipitação significativa em praticamente todo o território durante a primeira quinzena de Março, período em que se registaram em média 5,7 mm.

Para o final do mês de março, tendo em conta a previsão de longo prazo disponível para a precipitação que aponta para valores abaixo do normal para a época nesta quinzena, o Instituto de Meteorologia admite como mais provável um cenário de não desagravamento na severidade da seca meteorológica.

O Observatório de Secas do IM fará no final de março nova atualização desta informação.

Situação de seca meteorológica – 15 março

facebookFacebook twitterTwitter youtubeYouTube

Anúncios