Situação meteorológica adversa em Tomar

Estando o Concelho em alerta amarelo, mas confinante com o distrito de Leiria em alerta vermelho, entre as 18h de Sexta-feira dia 18/1 e as 20h de Sábado dia 19/1, observa-se um estado de tempo muito adverso, especialmente a nível de vento forte.

Registo para, no período das primeiras 12 horas, entre as 18h (18/1) e as 6h (19/1), para vento com intensidade entre os 25 e os 30 Km/h, segundo Meteo.pt e com rajada máxima de cerca de 60 km/h, segundo o meteotomar.info

No mesmo período a precipitação acumulada terá sido em Tomar de cerca de 20mm e na estação metrológica de Ansião, no Nabão superior, de 30mm. Na bacia de drenagem para o Nabão a leste de Leiria terá chovido na ordem dos 20mm como em Tomar. Dada a diferença de 10-12 horas que medeia entre a pluviosidade no Nabão superior e o pico de cheia em Tomar, prevê-se que o máximo de caudal no Nabão seja atingido entre as 12h e as 14h deste Sábado, dia 19/1.

Com avaria desde o verão de 2011, a estação hidrológica do Agroal não fornece dados, que permitam monitorizar o caudal do Nabão nesse local, o qual está a cerca de 4h de distancia de pico de cheia da cidade de Tomar. Assim, só a observação no local permite a aferição da situação, conforme determinação do próprio CDOS para este período de alerta.

A imagem, datada da madrugada de 6 de Janeiro de 2011, com valor de 3,25 metros no Agroal é referente ao ultimo período de pré-cheia havido. Na cidade de Tomar, a água ficou então a escassos 5cm de galgar na levada.

Anúncios