Cheia eminente na Cidade de Tomar

Hoje, dia 31 de Março, pelas 12H30 o nível hidrométrico no Agroal, a 4 horas de distância de água da Cidade de Tomar, ultrapassou o nível de alerta para cheia – os 3,26 metros.
A última vez que este nível foi ultrapassado, no outono de 2006, houve cheia na Cidade de Tomar.
A 6/1/2011, este nível foi atingido, sem no entanto se observar qualquer cheia na Cidade, muito em virtude da criação do açude insuflável e da limpeza do Rio na Cidade após as cheias de 2006.

No Outono de 2011, foi intervencionado o Rio a juzante do açude insuflável do Flecheiro, o que aumentou a capacidade de carga do Rio, pelo que o nível crítico de cheia deve estar hoje acima dos 3,30 metros no Agroal.

Às 13H30, segundo o CDOS, o nível já ultrapassara os 3,30m, pelo que é quase inevitável um episódio de cheia na Cidade de Tomar, o qual se pode prever para acontecer entre as 16H00 e as 17H00, deste Domingo de Páscoa.
O primeiro local a ser inundado será, como habitual, a Rua Everard, na EN113, entre a chamada Ponte velha e a Rotunda Alves Redol. É expectável que a EN110, em Carvalhos de Figueiredo fique com atravessamento condicionado e por volta das 19H00-20H00, junto ao Moinho Novo (cruzamento da EN110, com a EN358 para o Castelo do Bode) na confluência da Ribeira da Beselga com o Rio Nabão se observe também um episódio de cheia.

Anúncios